Av. Francisco Alves Moreira, 403

Vila Santos - Caçapava, SP

psjocpv@gmail.com
(12) 3653-4719

Galeria de Fotos

 
9 SAMSUNG CSC dsc_7015 SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC
Notícias › 30/05/2014

Católicos e ortodoxos: juntos em Nicéia em 2025

l_francescoEbartolomeoSS250514No retorno de Jerusalém, após o encontro com o Papa Francisco no Santo Sepulcro, o Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, revelou um importante acontecimento para a unidade entre católicos e ortodoxos: um encontro em 2025 em Nicéia, onde foi celebrado o primeiro verdadeiro concílio ecumênico da Igreja indivisa.

Falando à Asianews, Bartolomeu disse que junto ao Papa Francisco “concordamos em deixar como herança a nós mesmos e aos nossos sucessores de encontrar-se em Nicéia em 2025, para celebrar todos juntos, após 17 séculos, o primeiro Sínodo verdadeiramente ecumênico, de onde saiu o Creio”.

O encontro no Santo Sepulcro, realizado no domingo, dá um novo impulso ao diálogo entre católicos e ortodoxos, que não obstante algumas diferenças, tem visões comuns quanto aos Sacramentos e à tradição apostólica. “O diálogo para a unidade entre os católicos e os ortodoxos – observou Bartolomeu – reparte de Jerusalém. Nesta cidade, no próximo outono, será realizado um encontro da Comissão mista católico-ortodoxa, acolhido pelo Patriarca Greco-ortodoxo Teofilos III. É um caminho longo, em que todos devem empenhar-se sem hipocrisias”.

O Concílio realizado em Nicéia (atual Iznik, 130 km à sudeste de Istambul), reuniu no ano 325 mais de 300 bispos do Oriente e do Ocidente e é considerado como o primeiro verdadeiro concílio ecumênico. Nele foi escrito o Creio, similar àquele que é recitado ainda hoje na liturgia, afirmando que Jesus é “consubstancial ao pai”, indo assim contra o arianismo.

O encontro de Bartolomeu e Francisco ocorreu 50 anos após o histórico encontro entre Paulo VI e Atenágoras, ocorrido em 1964, e que rompeu um silêncio de séculos entre Oriente e Ocidente cristãos, com todas as conseqüências sócio-políticas decorrentes disto.

Por Rádio Vaticano