Av. Francisco Alves Moreira, 403

Vila Santos - Caçapava, SP

psjocpv@gmail.com
(12) 3653-4719

Galeria de Fotos

 
4 SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC dscn9989 SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC
Notícias › 09/05/2014

Projeto ‘Pensando o Brasil’ incentiva o voto consciente

Bispos-divulgam-mensagem-oficial-sobre-as-eleicoes-2014Nesta quinta-feira, 8, às vésperas do encerramento da 52º Assembleia Geral, em coletiva de imprensa, os bispos falaram sobre as eleições que serão realizadas no Brasil, em outubro deste ano. Outros destaques foram a ‘Campanha Mundial contra a Fome, a Pobreza e as Desigualdades’ e o ‘Projeto Comunhão e Partilha’.

Estavam presentes na coletiva o bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG) e presidente da Comissão para a Cultura e a Educação, Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; o bispo de Santarém (PA) e presidente da Cáritas Brasileira, Dom Flávio Giovenale, e o bispo de Parnaíba (PI), Dom Alfredo Schaffler.

A CNBB colocará à disposição das pessoas o projeto ‘Pensando o Brasil – desafios diante das Eleições 2014?, iniciativa que visa conscientizar as pessoas sobre o voto com responsabilidade, ou seja, convocar os cidadãos a se preparem conscientemente para o momento da eleição.

Dom Joaquim enfatizou que esta mensagem direcionada aos desafios das eleições 2014 tem a proposta de levar as pessoas, e principalmente os católicos, a uma reflexão sobre a situação do país e também contribuir com os materiais de conscientização realizados nas dioceses. O bispo ainda ressaltou três pontos chaves descritos na mensagem: participação consciente do eleitor, votar em pessoas que tenham princípios e valores e descobrir pessoas que se comprometam com a reforma política do país.

“A CNBB pretende que todas as pessoas votem conscientes e que saibam o que estão fazendo, ou seja, a escolha que ele fez naquele momento. O voto consciente faz, de fato, uma grande diferença nos resultados das eleições”, disse dom Joaquim.

O bispo reforçou a necessidade de uma reforma política no Brasil, destacando mudanças no campo da educação que, segundo ele, encontra-se em baixos níveis e não corresponde ao potencial do povo brasileiro, além de outros setores que precisam de mudanças.

“Estamos também ajudando a sociedade brasileira se conscientizar, através de um projeto de lei de iniciativa popular a respeito da necessidade de fazermos esta reforma. Sem políticos bons não conseguimos fazer boas reformas”, disse dom Joaquim.

Projeto Comunhão e Partilha

O bispo de Parnaíba (PI), Dom Alfredo Schaffler, falou a respeito da desigualdade social no país e também sobre as dificuldades enfrentadas pelas dioceses.

“Temos grande desigualdade entre nossas dioceses, e no ano da nossa 50ª Assembleia Geral, fizemos uma votação com todos os bispos presentes e optamos por destinar que mensalmente cada diocese depositará 1% de sua renda ordinária para um fundo ligado à CNBB que colaborará com as dioceses com situação econômica precária. Com este gesto, conseguimos custear a formação de muitos seminaristas”, disse Dom Alfredo.

Por Redação, com Canção Nova